Em Londres, cidades mostram planos para os Jogos de Inverno de 2018

Munique (Alemanha), Annecy (França) e Pyeongchang (Coreia do Sul) fazem apresentação prévia

AE-AP, Agência Estado

07 de abril de 2011 | 16h05

LONDRES - Três meses antes da votação do Comitê Olímpico Internacional (COI), as três cidades que aspiram organizar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 apresentaram seus planos durante o congresso esportivo SportAccord, em Londres, que conta com a participação de centenas de líderes esportivos e olímpicos de todo o mundo.

Os discursos e vídeos apresentados pelos organizadores das candidaturas de Munique, na Alemanha, Annecy, na França, e Pyeongchang, na Coreia do Sul, serviram como prévia da apresentação oficial que será feita no próximo mês aos membros do Comitê Executivo do COI, em Lausanne, na Suíça. A sede da Olimpíada de Inverno será definida em votação no dia 6 de julho em Durban, na África do Sul.

Pyeongchang, que apresentou sua terceira candidatura consecutiva depois de fracassar nas tentativas de receber os Jogos em 2010 e 2014, é considerada a favorita pela possibilidade de levar a Olimpíada de Inverno pela primeira vez ao continente asiático.

Munique, sede dos Jogos de Verão de 1972, tenta ser a primeira cidade a organizar ambos os eventos. Além disso, a Olimpíada de Inverno não acontece na Alemanha há 80 anos. Na sua apresentação, a cidade destacou o poder econômico dos patrocinadores alemães. "Isso significaria mais patrocínios aos esportes de inverno em todos os lados, e como resultado, um movimento olímpico mais forte", disse Ian Robertson, chefe de vendas e mercados da BMW.

Annecy, considerada a candidata com menos chances, ressaltou a tradição dos Alpes Franceses. Charles Beigbeder, presidente da candidatura, prometeu "uns Jogos autênticos no coração das montanhas" que uniriam "a rica tradição dos Alpes com o movimento olímpico".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.