Divulgação
Divulgação

Em meio a reformas, francês é escolhido o CEO interino da IAAF

Jean Gracia assume até anúncio de um nome fixo, no meio do ano

Estadão Conteúdo

19 de janeiro de 2016 | 16h08

Acusada de promover um escândalo de corrupção sem precedentes no esporte, a Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF) está passando por uma reformulação diretiva. Nesta terça-feira, a entidade máxima do atletismo anunciou a chegada de um CEO interino, o francês Jean Gracia.

De acordo com comunicado da IAAF, Garcia também vai atuar como secretário-geral interino até que um novo nome seja apontado para o cargo, o que deve acontecer no meio do ano. O francês vai atuar no dia-a-dia das operações da IAAF em Montecarlo e, na prática, é quem vai tocar a entidade.

Presidente da IAAF, Sebastian Coe apontou que Garcia tem uma "vasta experiência" e que vai ajudá-lo no seu trabalho envolvendo o comitê executivo e o conselho da IAAF. O novo cargo de CEO foi criado como parte das reformas adotadas por Coe desde que ele foi eleito presidente, no ano passado.

Aos 60 anos, Garcia chega à IAAF respaldado por diversas posições na federação francesa, desde 1992, e pela vice-presidência da federação europeia. Como CEO, vai ocupar o lugar deixado por Essar Gabriel, também francês, demitido em outubro passado. Já como secretário-geral ficará no cargo de que era de Nick Davies, afastado sob a suspeita de encobrir o escândalo de doping na Rússia.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoIAAFdopingJean Gracia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.