Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Em nono, Brasil faz melhor Paraolimpíada da história

O Brasil encerrou sua participação nos Jogos Paraolímpicos de Pequim com o melhor rendimento da história. Ao todo, os atletas trouxeram para o País 47 medalhas, resultado que deixou a delegação na nona colocação. Foi a primeira vez que o País terminou entre os dez primeiros. Até então, a melhor colocação brasileira havia acontecido nos Jogos de Atenas, em 2004, quando o Brasil conquistou 33 medalhas e terminou em 14.º lugar. Em Pequim, os brasileiros tiveram um crescimento de 42% no quadro de medalhas, conquistando 14 pódios a mais do que na edição grega.O País somou 16 ouros no total (a última conquista foi nesta quarta-feira, no futebol de cinco). Foram duas medalhas a mais do que em Atenas. O principal nome brasileiro em Pequim foi o do nadador Daniel Dias, que levou quatro ouros em nove pódios - André Brasil também venceu quatro provas na natação.O rendimento por atleta brasileiro, no entanto, foi pior do que nos Jogos de 2004. Em Atenas, o Brasil teve 98 competidores, com uma média de uma medalha para cada três pessoas. Em Pequim, a delegação foi bem maior: 188 competidores, com uma média de um pódio para cada quatro integrantes.Desde que começou a participar da Paraolimpíada, em 1972, na edição de Heidelberg (ALE), o Brasil apresenta uma evolução no quadro de medalhas. Nos Jogos Paraolímpicos de Londres, em 2012, a expectativa é de que a delegação supere a casa dos 200 integrantes e tenha ainda mais conquistas.Se na Paraolimpíada o Brasil se transforma numa potência, o mesmo não ocorre na Olimpíada. Em Pequim, no mês de agosto, os brasileiros conquistaram 15 medalhas, apenas três de ouro. A delegação terminou em 23.º lugar, uma queda de oito posições em comparação com o rendimento em Atenas, quando o País levou cinco medalhas douradas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.