Em poucos meses, brasileiro vira ídolo na Inglaterra

Atacante naturalizado croata faz mais um gol e conquista a torcida do Arsenal, o líder da competição

Londres, O Estadao de S.Paulo

02 de janeiro de 2008 | 00h00

Eduardo da Silva é daqueles jogadores que saem do Brasil precocemente e só ficam conhecidos quando brilham no exterior. Suas ótimas atuações pelo Dínamo de Zagreb o levaram à seleção croata, depois de ter conseguido a naturalização. E, há cinco meses, o levaram ao Arsenal. Em pouco tempo, virou ídolo do torcedor britânico.Ontem, na 21ª rodada do Campeonato Inglês, o atacante voltou a brilhar. Fez o primeiro gol da vitória de sua equipe sobre o West Ham por 2 a 0. Foi seu quinto gol em apenas três jogos. No sábado, teve grande atuação na goleada sobre o Everton por 4 a 1, em que marcou duas vezes. Eduardo, nascido no Rio, em 25 de fevereiro de 1983, foi para a Croácia com 15 anos de idade. Sete anos depois, consegui a cidadania.No início da temporada, chegou ao Arsenal sem grande festa. Mas, nas últimas semanas, tornou-se peça importante do forte time londrino, atual líder da competição, com 50 pontos, 15 vitórias e apenas uma derrota.O vice-líder, o Manchester United, também venceu ontem. Mas teve bastante dificuldade. Bateu o Birmingham por 1 a 0, gol do argentino Carlitos Tévez, e chegou a 48 pontos. O atacante deixou o campo contundido, mas, de acordo com os médicos, a lesão não é grave e ele deverá ter condições de atuar na próxima rodada.O Chelsea, 3º colocado com 44 pontos, fez 2 a 1 no Fulham, de virada. O Liverpool, na 4ª posição com 37, recebe hoje o Wigan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.