Em protesto contra críticas, Neymar faz 'dança da estátua'

Após marcar o primeiro gol contra o Remo, Neymar inaugurou ontem as comemorações com uma coreografia inusitada: com os companheiros, subitamente ficou imóvel. "Não é mais dancinha, agora é estátua", explicou o garoto no intervalo, numa espécie de protesto contra as críticas que vinha sofrendo por suas molecagens após os gols.

, O Estadao de S.Paulo

19 de março de 2010 | 00h00

No clássico com o Palmeiras, as brincadeiras de Neymar & cia. chegaram a servir de munição para rival, que venceu por 4 a 3 e fez questão de imitar o costume, em tom de vingança. Mesmo com o episódio, os garotos da Vila não se intimidaram e mantiveram as dancinhas irreverentes ontem, comemorando cada gol de maneira diferente. / B.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.