Em sua nona final, Nadal encara Djokovic por título em Montecarlo

Octacampeão, espanhol disputa mais uma taça após retorno premiado às quadras, desta vez no saibro

MONTECARLO, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2013 | 02h09

Atual octocampeão do Masters 1000 de Montecarlo, o espanhol Rafael Nadal está classificado para a sua nona final consecutiva no torneio, disputado em quadras de saibro.

Ontem, o número 5 do mundo avançou para mais uma decisão ao derrotar o francês Jo-Wilfried Tsonga, oitavo colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/3).

O adversário de Nadal será o sérvio Novak Djokovic, que precisou de apenas 51 minutos para vencer o italiano Fabio Fognini, 32º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1. Hoje, Djokovic buscará um título inédito em Montecarlo, onde foi vice-campeão em 2009 e no ano passado.

Nadal ficou sete meses afastado do tênis por causa de uma lesão no joelho esquerdo. Agora, em seu retorno, se classificou para a decisão dos cinco torneios que disputou.

A vitória de ontem foi a 46ª consecutiva de Nadal em Montecarlo e levou o espanhol a abrir 8 a 3 no confronto com Tsonga. Mas assim como havia acontecido nas quartas de final contra o búlgaro Grigor Dimitrov, vencida em três sets, o espanhol voltou a oscilar e desperdiçou quatro match points na partida.

Mesmo assim, está na final e buscará o 23º título de um Masters e o nono em Montecarlo, o que nunca um tenista conseguiu na Era Aberta do Tênis, iniciada em 1969, em qualquer torneio. Além disso, tentará faturar o 54º troféu na 76ª decisão da carreira.

Djokovic chega com retrospecto negativo, já que venceu apenas 14 das 33 partidas que disputou contra Nadal, incluindo derrotas nos três últimos confrontos, todos em 2012, nas finais dos Masters 1000 de Montecarlo e Roma, além de Roland Garros. Djokovic vai buscar o 37º título da sua carreira em sua 56ª final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.