Em teste para a Olimpíada, rúgbi sevens do Brasil fica em último em Paris

Às vésperas da estreia do rúgbi sevens como modalidade olímpica, a seleção brasileira masculina decepciona. No ano, fez 13 partidas em competições de nível mundial. Perdeu 12 e empatou uma. Neste domingo, encerrou a etapa de Paris (França) da World Series no último lugar.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

15 de maio de 2016 | 21h20

Depois de perder para Austrália, África do Sul e Inglaterra na fase de grupos, no sábado, neste domingo o Brasil jogou o torneio de consolação e perdeu da Escócia (38 a 14) e de Portugal (24 a 5). Tudo isso apesar de ter contar com seis atletas naturalizados - todos filhos de brasileiros, mas radicados no exterior.

O Brasil só havia jogado uma etapa da World Series nesta temporada, no Canadá, também terminando na última colocação, com derrotas para Argentina (35 a 5), África do Sul (26 a 7), Escócia (33 a 0), Canadá (19 a 0) e Portugal (17 a 7).

No mês passado, a seleção disputou um torneio de acesso para a World Series do ano que vem, mas também foi muito mal, perdendo para Japão (36 a 0) e Tonga (26 a 5). A equipe ficou em último lugar no grupo após empate em 19 a 19 com Marrocos.

Na Olimpíada, o Brasil jogará como convidado por ser país-sede. Também estão classificadas as seleções de Fiji, Grã-Bretanha, Nova Zelândia, África do Sul, Argentina, EUA, França, Japão, Austrália e Quênia. Falta a definição da última vaga, o que só acontecerá em junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.