Em último teste para a Olimpíada, Renzo Agresta é campeão pan-americano no sabre

Principal nome do Brasil na esgrima, Renzo Agresta conquistou um grande resultado nesta quinta-feira. Na última competição antes dos Jogos Olímpicos do Rio, ele sagrou-se campeão pan-americano no sabre, repetindo o título que também ganhou em 2013. O resultado deve garantir o brasileiro como cabeça de chave no Rio-2016. A medalha foi a única do Brasil nas disputas individuais do Campeonato Pan-Americano.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

23 de junho de 2016 | 22h35

Na final na Cidade do Panamá, Enzo, número 17 do ranking mundial, venceu por 15 a 5 o norte-americano Andrew Mackiewicz, 32.º do mundo. Na campanha, também passou pelo nicaraguense Ariel Enoc Cisnero Rizo (146.º), pelo canadense Fares Arfa (89.º) e pelo venezuelano Jesus Carvajal (62.º).

A grande vitória de Renzo na competição, entretanto, foi na semifinal, sobre o americano Eli Dershwitz, campeão das últimas duas edições do Campeonato Pan-Americano e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015. Eli é atualmente o 12.º do ranking mundial.

Já considerando o resultado obtido na Cidade do Panamá, Renzo aparece no 17.º lugar do ranking. Como há três russos e três italianos na frente dele e só dois por país vão ao Rio-2016, Renzo deverá ser um dos 16 cabeças de chave, garantindo que não enfrentará um dos favoritos na primeira rodada da Olimpíada. Se avançar às oitavas, entretanto, pode pegar um dos primeiros do ranking.

Na espada, quarta, Athos Schwantes perdeu nas quartas de final do Pan e terminou a competição em sétimo. Guilherme Melaragno caiu nas oitavas e Nicolas Ferreira terminou uma modesta 27.ª colocação. Alexandre Camargo, que será reserva na Olimpíada, ficou em 28.º.

No florete feminino, o desempenho do Brasil foi ruim: Gabriela Cecchini, reserva na Olimpíada, e Taís Rochel foram a única a chegar às oitavas de final, terminando em 14.º e 16.º, respectivamente. Bia Bulcão ficou em 21.º. Por fim, no sabre feminino, Marta Baeza, única representante do Brasil no Rio e no Pan, terminou em 10.º.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.