Erick Onida/CBV
Erick Onida/CBV

Emanuel e Evandro estreiam dupla com vitória na Rússia

Dupla venceu os espanhóis Marcos e García e se prepara para a próxima fase do torneio

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2013 | 10h56

MOSCOU - Emanuel e Evandro iniciaram com vitória a nova parceria que firmaram para a disputa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Convidados pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) para entrar direto na fase de grupos do Grand Slam de Moscou, sem a necessidade de disputar o qualifying, eles venceram os espanhóis Marcos e García por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 11/21, 22/20 e 16/14.

O confronto foi válido pelo Grupo H da competição, na qual Emanuel e Evandro voltarão a jogar novamente nesta sexta-feira, quando buscarão uma vaga direta para as oitavas de final em jogos contra os holandeses Stiekema e Varenhorst e depois contra a dupla russa Bykanov e Koshkarev. Eles só irão se classificar direto para as oitavas, sem a necessidade de jogar uma repescagem, se ficarem no topo desta chave.

Outra parceria que estreou com vitória nesta quinta-feira em Moscou foi a formada por Bruno Schmidt e Pedro Solberg, atuais líderes do ranking mundial. Eles sofreram, mas ganharam da parceria local Barsouk e Bogatov por 2 sets a 1, também de virada, com 14/21, 21/16 e 15/12. Nesta sexta, também na luta por vaga nas oitavas, os brasileiros pegarão os checos Kufa e Hadrava e, em seguida, os casaques Sidorenko e Dyachenko, em duelos válidos pelo Grupo B.

Já Alison e Vitor Felipe, que também estrearam uma nova dupla brasileira nesta quinta-feira, acabaram derrotados na primeira rodada do Grupo G. Em outro duelo equilibrado do dia e também decidido no tie-break, eles foram superados pelos canadenses Hatch e Redmann, que venceram por 2 sets a 1, com 21/19, 14/21 e 15/12. Nesta sexta, os brasileiros buscarão a redenção na competição em confrontos diante dos venezuelanos Hernandez e Fañe e dos italianos Lupo e Nicolai.

Outra dupla brasileira nesta disputa masculina em Moscou, Ricardo e Álvaro Filho também abriu o Grand Slam russo com derrota. Pelo Grupo D, eles caíram diante dos austríacos Huber e Seidl, que ganharam apertado por 2 sets a 1, com 21/19, 19/21 e 15/13. Em busca recuperação no torneio, os brasileiros voltam a jogar nesta sexta em duelos contra os noruegueses Horrem e Eithun e diante dos russos Goncharov e Prokopiev.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.