Empate no clássico paulista e arbitragem polêmica no Carioca marcam o fim de semana esportivo

Ainda: Esquiva Falcão vence em sua estreia no boxe profissional e Lyoto Machida disputará o cinturão dos médios do UFC

O Estado de S. Paulo

17 de fevereiro de 2014 | 05h00

SÃO PAULO - Ainda sofrendo pressão da torcida, que não lotou as arquibancadas do Pacaembu para a partida diante do Palmeiras, o Corinthians continua com o alerta ligado. O clássico terminou empatado em 1 a 1 e a equipe comandada por Mano Menezes chegou ao seu sexto jogo sem vitória neste Campeonato Paulista. A partida contou com a estreia do meio-campista Jadson, recém-chegado ao time alvinegro, que aprovou seu desempenho com a camisa 10 e agradeceu a recepção da torcida.

CAMPEONATO PAULISTA

Em fim de semana de clássico, Corinthians e Palmeiras ficaram no 1 a 1 no Pacaembu. Sem Paulo André, que foi transferido para o futebol chinês, o volante Ralf assumiu a braçadeira de capitão. Romarinho, algoz alviverde, deixou o seu, mas Alan Kardec conseguiu o empate logo depois que Mano Menezes recuou o time, trocando o autor do gol por Jocinei.

O São Paulo empatou sem gols com a Portuguesa e perdeu a invencibilidade no Morumbi, além de perder a liderança do Grupo A. Willian Magrão chegou a marcar para a Lusa, mas o assistente anulou mal a jogada. Em casa, o Penapolense goleou o Santos por 4 a 1 e tomou o lugar do São Paulo no Grupo A.

CAMPEONATO CARIOCA

De volta ao Maracanã após quatro anos longe, o clássico entre Vasco e Flamengo teve pontapé inicial dado pelo tenista espanhol Rafael Nadal, que está no Brasil para a disputa do Rio Open, mas ficou marcado por um erro de arbitragem. Logo no início da partida, Douglas cobrou falta no travessão, mas a bola caiu dentro do gol. No entanto, o auxiliar de linha não viu a bola entrar e a arbitragem mandou o jogo seguir. Fellipe Bastos abriu o placar para o Vasco, mas Elano empatou e Gabriel virou, fechando o placar em 2 a 1 para o Flamengo.

Na volta de Fred, o Fluminense não teve problemas diante do Boavista e fez 4 a 1 no Maracanã, com gols de Conca, Rafael Sobis e dois de Walter. Gilcimar descontou para o visitante. Já o Botafogo saiu atrás no placar contra o Duque de Caxias, com gol de Dória, mas Ferreyra e Jorge Wagner conseguiram o 2 a 1.

CAMPEONATO MINEIRO

Após Tinga sofrer com racismo na estreia do Cruzeiro na Libertadores, diante do Real Garcilaso, na última quarta-feira, a torcida do Atlético Mineiro abandonou a rivalidade durante o clássico mineiro e estendeu faixas em apoio ao volante. Em campo, o campeão das Américas e o campeão brasileiro não saíram do 0 a 0. O Cruzeiro é o vice-líder do Campeonato Mineiro, com 11 pontos, enquanto Atlético aparece em 8.º, com apenas cinco.

CAMPEONATO GAÚCHO

Líder do Grupo A do Campeonato Gaúcho, com 22 pontos, o Internacional goleou o Caxias por 4 a 0, em jogo que marcou a reinauguração do Beira-Rio, um dos palcos da Copa do Mundo. O Grêmio fez 3 a 1 no Esportivo, em Bento Gonçalves, e é o primeiro colocado do Grupo B, com 15 pontos.

FUTEBOL INTERNACIONAL

Real Madrid, Atlético de Madrid e Barcelona venceram seus jogos e continuam empatados em número de pontos na liderança do Campeonato Espanhol, mas o time catalão leva vantagem nos critérios de desempate. Destaque para o brasileiro Neymar, que marcou gol após ficar um mês afastado por conta de lesão, e Lionel Messi, que bateu o recorde de Di Stefano de gols em Campeonatos Espanhóis.

Na Copa da Inglaterra, Liverpool e Chelsea foram eliminados por Arsenal e Manchester City respectivamente. Na Alemanha, o Bayern de Munique venceu o Freiburg e aproveitou o tropeço do Bayer Leverkusen diante do Hoffenheim para abrir 16 pontos na liderança. Não houve surpresas no Campeonato Italiano, que teve triunfos da líder Juventus, Roma, Napoli, Inter de Milão e Milan.

SOCHI

Nos Jogos Olímpicos de Inverno, os EUA bateram os anfitriões em um clássico emocionante no hóquei masculino, enquanto a Holanda, que disputa a liderança do quadro de medalhas, colocou três atletas no pódio da patinação em velocidade.

A nota triste fica para o grave acidente sofrido pela esquiadora Maria Komissarova, que precisou passar por uma cirurgia na coluna vertebral. As brasileiras do bobsled tombaram o trenó durante um treino, mas não correm risco. Outra atleta brasileira prejudicada foi Isabel Clark, que sofreu uma queda e acabou eliminada nas quartas de final do snowboard cross.

BOXE

Foi com tranquilidade que o brasileiro Esquiva Falcão fez sua estreia no boxe profissional, em Lancaster, Califórnia, e derrotou o norte-americano Joshua Robertson por nocaute técnico no quarto assalto. O medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Londres fará uma das preliminares da luta entre Manny Pacquiao e Timothy Bradley, que será realizada no dia 12 de abril, em Las Vegas, mas ainda não tem adversário definido.

UFC

Na noite de sábado, Lyoto Machida venceu o iraniano Gegard Mousasi em Jaraguá do Sul, Santa Catarina, por decisão unânime dos jurados, e chegou a sua 21.ª vitória em 25 lutas no UFC. Agora o lutador espera o vencedor de Chris Weidman x Vitor Belfort, que se enfrentam em maio, para conhecer seu adversário na disputa do cinturão dos médios (até 84kg). Os brasileiros Ronaldo Jacaré, Charles do Bronx e Erick Silva também saíram vitoriosos de seus duelos.

TÊNIS

O checo Tomas Berdych bateu o croata Marin Cilic para faturar a taça no ATP 500 de Roterdã e encerrar um jejum de um ano e meio sem títulos. O espanhol David Ferrer encerrou a sequência de vitórias do italiano Fabio Fognini para ganhar o seu terceiro título no ATP 250 de Buenos Aires. Em Memphis, o japonês Kei Nishikori confirmou o favoritismo e superou o croata Ivo Karlovic para sagrar-se bicampeão no torneio norte-americano. No feminino, a romena Simona Halep conquistou o WTA de Doha diante da alemã Angelique Kerber.

Tudo o que sabemos sobre:
Resumo Esportivo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.