Lucas Uebel/Gremio FBPA
Lucas Uebel/Gremio FBPA

Empate no fim contra Novo Hamburgo expõe descontentamento no Grêmio com a má fase

Tricolor não vence há quatro jogos no Gaúchão

Estadao Conteudo

23 de março de 2017 | 12h02

Nem mesmo o empate por 1 a 1 arrancado aos 45 minutos do segundo tempo - com gol do veterano Léo Moura - na partida desta quarta à noite contra o Novo Hamburgo, líder do Campeonato Gaúcho, no Estádio do Vale, serviu para animar jogadores e comissão técnica do Grêmio.

A fala de Marcelo Oliveira, capitão do time na partida e autor do cruzamento que originou o gol salvador, representava o clima de frustração nos vestiários. "A gente tem falado sobre isso, sempre dificulta quando sai atrás, tem que correr em dobro. Quando sai na frente é completamente diferente. A gente fica feliz pelo espírito de luta, por não desistir, mas temos nos cobrado de sair sempre atrás do resultado, tem incomodado bastante. Nesta hora, mais do que nunca, vale a nossa união. Não confundimos amizade com não ter cobrança, é olho no olho", disse o lateral.

Discurso semelhante foi adotado por Léo Moura. "Isso é ruim, tem que correr o dobro. Se a gente saísse na frente, seria um pouco mais fácil. Outra vez tivemos um empate amargo porque, se imprime um ritmo mais forte, o Grêmio sai daqui (Novo Hamburgo) com uma vitória", lamentou o lateral-direito.

O técnico Renato Portaluppi preferiu lembrar a quantidade de desfalques ao analisar o resultado. Segundo o treinador, há "meio time" entre os lesionados (Marcelo Grohe, Pedro Geromel, Maicon, Douglas e Barrios). O comandante, porém, exibiu otimismo ao projetar a continuidade da equipe na temporada.

"Infelizmente, são dois problemas do Grêmio: sempre sair atrás no placar e a criação da jogada no meio de campo para que chegue redonda no ataque. É sempre difícil enfrentar essas equipes. E (o Novo Hamburgo) é o líder do campeonato. O Grêmio poderia estar em uma situação melhor, mas em outros jogos poderia estar pior. Na hora que precisar, todo mundo vai estar de volta. Na hora "H", vai ser o Grêmio do ano passado", aposta o treinador.

Com o resultado, o Grêmio chegou aos 14 pontos e se manteve na terceira colocação do Estadual. Na próxima rodada do Gaúcho, a equipe tricolor enfrenta o Juventude no sábado, às 19 horas, em casa.

Tudo o que sabemos sobre:
Grêmiofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.