Maurício de Souza/Estadão
Maurício de Souza/Estadão

Empolgado por vitória em retorno, Popó desafia Manny Pacquiao

'Pacquiao, por que você não volta lutando contra mim?', disse

Estadão Conteúdo

16 Agosto 2015 | 14h49

Empolgado pela vitória por nocaute em seu retorno ao boxe, Popó propôs um desafio bem mais complicado nas redes sociais. Após vencer argentino Mateo "El Chino" Verón no terceiro round, o brasileiro de 39 anos convocou o filipino Manny Pacquiao, outro veterano, para um confronto no próximo ano.

"Pacquiao, porque você não volta em 2016 lutando contra mim? O desafio pode ser no lugar que você quiser", disse o pugilista do Brasil em sua conta no Twitter. Antes de vencer na noite deste sábado, pela categoria super meio-médio (até 69 quilos), Popó não lutava profissional há três anos.

A vitória deste sábado, em Santos, foi a 40ª de Popó em 42 combates, com 34 nocautes. O pugilista de 39 anos, que tem quatro títulos mundiais em sua carreira, planeja chegar a mais uma luta valendo o cinturão de campeão do mundo na categoria meio-médio (até 66 quilos) por alguma das associações de boxe.

Para ter o direito de desafiar o campeão ele precisa retornar ao ranking. Por esse motivo, a ideia é voltar a lutar ainda este ano - novamente no Brasil e, muito provavelmente, em Santos outra vez. Manny Pacquiao não luta desde que foi derrotado por Floyd Mayweather, em maio deste ano. O filipino é o único campeão mundial em oito categorias diferentes no boxe.

Mais conteúdo sobre:
boxePopóPacquiao

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.