Empresário admite revanche entre Valuev e Holyfield

Após a polêmica decisão dos judados, que deram vitória ao russo no sábado, nova luta pode acontecer em 2009

Agencia Estado

21 de dezembro de 2008 | 19h46

A criticada decisão dos jurados em apontar o russo Nikolai Valuev como vencedor por pontos do duelo contra o norte-americano Evander Holyfield, neste sábado à noite, em Zurique, na Suíça, fez o empresário Chris Meyer, da empresa Sauerland Event, prever uma revanche entre os dois pugilistas.Veja também: Veja imagens do combate entre Holyfield e ValuevValuev vence Holyfield por pontos e segue campeão mundial A idéia de Chris Meyer é realizar a revanche no segundo semestre do ano que vem - caso Holyfield, atualmente com 46 anos de idade, não opte pela aposentadoria. "Mas, antes, Valuev terá de enfrentar Ruslan Chagaev (do Usbequistão)", afirmou o empresário.A luta realizada na noite de sábado, que valia o cinturão da Associação Mundial de Boxe (AMB), teve uma decisão bastante polêmica. O público presente chegou a vaiar quando os jurados deram vitória ao atual campeão Valuev, o gigante russo de 2,13 metros, 140 quilos e 35 anos, impedindo assim que Holyfield conquistasse o título mundial dos pesos pesados pela quinta vez na carreira - já havia vencido em 1990, 1993,1996 e 2001.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.