Entidade da Europa protesta contra regras antidoping

A Associação de Atletas Europeus de Elite divulgou ontem um protesto contra a norma da Agência Mundial Antidoping (WADA), que entra em vigor no ano que vem. Ela determina que todos os atletas serão obrigados a informar as autoridades sobre onde estarão durante uma hora do dia para que se torne possível a realização de exames antidoping.Segundo a associação, a medida "basicamente coloca os atletas de elite em situação de prisão domiciliar uma hora por dia, os 365 dias do ano". A entidade quer que a União Européia avalie se as medidas não são conflitantes com as leis trabalhistas do continente e com a declaração de direitos humanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.