Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Entrosamento, a arma corintiana

Sem nenhum reforço de peso até o momento, sem o capitão William, que resolveu se aposentar, e sem o veloz Elias, agora no Atlético de Madrid, o Corinthians chega, em tese, mais fraco para este Campeonato Paulista. O entrosamento do time, porém, é um trunfo do técnico Tite, que espera ter em Ronaldo seu diferencial. Ontem, ele confirmou o Fenômeno como capitão para a temporada.

Bruno Deiro, O Estado de S.Paulo

15 de janeiro de 2011 | 00h00

Após boa campanha no último Campeonato Brasileiro, quando brigou pelo título com Fluminense e Cruzeiro até a rodada final, Tite aposta que a equipe possa subir ainda mais de produção nesta temporada, especialmente se puder contar com todos os titulares - além de Ronaldo, Jorge Henrique e Dentinho desfalcaram o time por longos períodos em 2010.

Às vésperas da estreia no Paulista, amanhã, no Pacaembu, contra a Portuguesa, Tite já impôs uma meta ao Corinthians: ficar pelo menos entre os três primeiros na fase de classificação, para ter vantagem a partir das quartas de final. "Eu valorizo, sim, o Paulista, é um campeonato importante. Só não é para quem perde", disse o treinador.

Ele também confirmou que o time escalado para enfrentar a Lusa será o titular. A única baixa é Jorge Henrique, que se recupera de lesão na coxa. Ronaldo vai para o jogo e, segundo Tite, está pronto para atuar durante os 90 minutos. Quando o Fenômeno não puder atuar, os "reservas" para o posto de capitão já estão definidos: Alessandro, Chicão ou Roberto Carlos.

Padrão de jogo. Escalar o que tem de melhor é a saída que Tite tem para retomar o padrão de jogo que considera ideal e ir, aos poucos, deixando a equipe preparada para o mata-mata da Libertadores, contra o Tolima, nos dias 26 de janeiro e 2 de fevereiro. "Dos primeiros 12 pontos disputados, temos de conquistar pelo menos nove", afirmou. "Precisamos repetir um padrão que tivemos no Brasileiro, no período em que dirigi a equipe."

O treinador afirma que vai testar todo o elenco até o início de fevereiro. Nesta fase, o Corinthians terá seus titulares no Estadual pelo menos nas duas primeiras rodadas, contra a Portuguesa e Bragantino, na quarta-feira. Só deverá entrar com os reservas contra o Noroeste, dia 23, a três dias do jogo contra o Tolima.

Quanto aos jogadores recém- chegados, Tite prefere a cautela. "Os atletas que estão chegando passam por processo de avaliação e só depois eu vou começar a pensar em por no jogo." Entre as novidades estão o atacante Willian, ex-Figueirense, e o meia peruano Luis Ramirez, que defendia o Universitario, do Peru.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.