Tony Gentile/Reuters
Tony Gentile/Reuters

Equipe brasileira termina em oitavo no nado sincronizado

Espanha ficou com a medalha de ouro da rotina livre combinada do Mundial de Esportes Aquáticos em Roma

AE, Agencia Estado

22 de julho de 2009 | 08h48

A equipe brasileira de nado sincronizado conquistou mais um bom resultado para a modalidade no Mundial de Esportes Aquáticos, em Roma. Nesta quarta-feira, o time ficou em oitavo lugar na final da rotina livre combinada, melhorando em duas colocações o desempenho de Melbourne, em 2007.

Veja também:

linkPoliana Okimoto é sétima na maratona aquática de 10 km

linkCBDA dará prêmios por medalhas no Mundial de Roma

linkPolo aquático perde outra e não tem chances de avançar

As brasileiras Maria Bruno, Joseane Costa, Beatriz Feres, Branca Feres, Michelle Frota, Lorena Molinos, Pamela Nogueira, Gláucia Souza, Giovana Stephan e Camila Ururahy conseguiram 88,667 pontos, melhorando ligeiramente os 88,333 obtidos nas eliminatórias, quando também terminaram em oitavo lugar.

A medalha de ouro ficou com a equipe espanhola, que alcançou 98,333 pontos. A China, com 97,667, terminou na segunda colocação e ficou com a prata. O bronze foi para o time canadense, que fechou com 96,167.

Em Roma, o nado sincronizado brasileiro tem conquistados alguns de seus melhores resultados na história dos Mundiais. Na segunda-feira, Giovana Stephan disputou uma inédita final do solo e terminou em 12º lugar; na terça-feira, foi a vez de Nayara Figueira e Lara Teixeira ficaram na décima colocação no dueto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.