Equipe de Bernardinho de olho na Liga

Depois da conquista do inédito título do Campeonato Mundial, no ano passado, a seleção brasileira masculina de vôlei reiniciou, hoje, os treinamentos para a temporada. O primeiro compromisso será a Liga Mundial, de 16 de maio a 13 de julho. Anderson, um dos principais destaques na campanha do Mundial da Argentina, em 2002, com participação decisiva na semifinal e na final da competição, juntamente com o levantador Ricardinho, ainda comemora a boa fase do ano passado e espera voltar a apresentar um bom vôlei nesta temporada. Depois de participar do Campeonato japonês pelo NEC/Panasonic, o jogador está empolgado com a volta à equipe brasileira e avisa. "Vou continuar a ser o Anderson de sempre. Mostrei que sou capaz e vou seguir trabalhando duro para garantir um lugar no grupo", afirmou o oposto. Anderson, no entanto, sabe das dificuldades que terá pela frente. "Muitos jogadores talentosos estão aparecendo e podem ser convocados. Todos com boa qualidade técnica e bastante altos", avaliou o jogador, bem-humorado. "São todos enormes. Olha o tamanho desse cara aqui do meu lado", brincou, referindo-se ao convidado Samuel Fuchs, 2,00m, que ouvia a tudo atentamente. Bernardinho conta que alguns nomes ainda poderão se juntar ao time durante o ano. "Tive que entregar uma lista de 18 jogadores para Liga Mundial muito cedo. Mas acho importante ver e avaliar outros atletas para poder agregar valores ao grupo. Essa pode ser uma saída para surpreender os adversários", comentou o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.