Equipe deixa Volta da França após novo caso de doping

A equipe Saunier-Duval Scott abandonou a disputa da Volta da França, nesta quinta-feira, depois que foi anunciado o doping do italiano Riccardo Ricco, um de seus principais competidores. O ciclista foi flagrado por EPO, mesmo hormônio sintético encontrado nas amostras dos espanhóis Manuel Beltran e Moises Duenas Nevado, outros dois casos de doping registrados na edição deste ano.Ricco, de 25 anos, havia vencido duas etapas da prova, e ocupava a nona posição no geral. Ele liderava as competições de escaladores e de ciclistas jovens. O teste que apontou a presença de EPO foi realizado após a quarta etapa.O ciclista, atual vice-campeão da Volta da Itália, é o mais renomado entre os três competidores flagrados por doping até o momento. A equipe Saunier-Duval Scott disse que só voltará às competições quando "entender o que aconteceu" no caso do ciclista italiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.