Eric Takabatake fatura bronze no Grand Slam de Dusseldorf de Judô

Brasileiro faturou a medalha de bronze no evento alemão ao derrotar o tunisiano Fraj Dhouibi por ippon na luta decisiva

Estadão Conteúdo

23 de fevereiro de 2018 | 16h30

O judô brasileiro foi ao pódio no primeiro dia do Grand Slam de Dusseldorf. Nesta sexta-feira, o peso ligeiro (60 kg) Eric Takabatake faturou a medalha de bronze no evento alemão ao derrotar o tunisiano Fraj Dhouibi por ippon na luta decisiva.

Rafaela Silva é parada por polícia e reclama: 'Esse preconceito vai até onde?'

Leia Também

Mais notícias

Na sua campanha em Dusseldorf, Takabatake venceu o alemão Lukas Klemm por ippon, e Adonis Diaz, dos Estados Unidos, por um wazari, antes de perder para o georgiano Lukhumi Chkhvimiani nas quartas de final. Depois, na repescagem aplicou um wazari em Vugar Shirinli, do Azerbaijão, antes de fazer a luta que lhe garantiu no pódio.

Na mesma categoria, Phelipe Pelim estreou com vitória por ippon sobre o ucraniano Artem Lesyuk, mas acabou sendo eliminado do evento com a derrota nas oitavas de final para o tunisiano que perdeu para Takabatake na luta pelo bronze.

Em sua primeira competição neste ano, Érika Miranda (52kg) também chegou à luta que poderia lhe valer o bronze, mas optou por não entrar no tatame por causa de dores na região lombar.

Na sua campanha, a brasileira passou pela mongol Khorloodoi Bishrelt, por ippon, e pela espanhola Estrella Sheriff, por wazari, antes de perder para a polonesa Karolina Pienkowska, que conseguiu um ippon na semifinal ao aplicar dois wazaris. Na mesma categoria, Eleudis Valentim venceu a portuguesa Mariana Esteves por ippon na rodada inicial, mas caiu na sequência para a polonesa Agata Perenc após levar três punições.

O Grand Slam de Dusseldorf vai até domingo. Neste sábado, o judô brasileiro será representado por Ketleyn Quadros (63kg), Barbara Timo (70kg), Marcelo Contini (73kg), Alex Pombo (73kg) e Leandro Guilheiro (81kg).

Tudo o que sabemos sobre:
Judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.