Bruno Domingos/Reuters
Bruno Domingos/Reuters

Ericsson 4 chega ao Rio e Torben Grael é ovacionado

Barco sueco comandado pelo velejador brasileiro continua na liderança geral da Volvo Ocean Race

Agencia Estado

26 de março de 2009 | 22h27

Exatamente 12 horas após o barco Ericsson 3 cruzar a linha de chegada da quinta etapa da Volvo Ocean Race, o Ericsson 4, capitaneado pelo brasileiro Torben Grael, completou a mais longa perna da competição, que começou na cidade chinesa de Qingdao. Às 19h37 desta quinta-feira, o barco sueco entrou na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, e completou uma viagem que durou mais de 40 dias.

Ao se aproximar do píer da Marina da Glória, o Ericsson 4 exibiu duas bandeiras: uma grande do Brasil e outra amarela, representando a liderança geral da Volvo Ocean Race - o barco de Torben Grael marcou sete pontos e se manteve em primeiro na competição, com 63,5.

Ao som da música "Enter Sandman", da banda Metallica, os tripulantes do Ericsson 4 foram recepcionados com muita festa por parte de familiares e amigos. Torben Grael ficou emocionado. "Agradeço à tripulação pelo excelente desempenho na etapa. O mais importante após esses mais de 40 dias de viagem é chegar ao seu país e encontrar uma recepção assim. É um orgulho ser brasileiro", disse.

Na cerimônia de premiação, o comandante brasileiro recebeu o troféu pelo segundo lugar na etapa das mãos de Nelson Falcão, seu companheiro na conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Seul, na Coreia do Sul, em 1988.

A Volvo Ocean Race, a corrida volta ao mundo, começou no dia 4 de outubro, na Espanha. Agora, no Rio, os participantes ainda farão uma regata costeira, de apenas um dia (em 4 de abril), antes de seguirem para mais uma etapa. A largada para Boston, nos Estados Unidos, será em 11 de abril. E o término da prova está previsto para junho ou julho, em São Petersburgo, na Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.