Erro não tira sonho do tetra de Pessoa

Uma falta no último obstáculo do desempate, neste sábado, tirou do cavaleiro brasileiro Rodrigo Pessoa a chance de vencer a segunda prova da Copa do Mundo de Saltos. Montando Baloubet du Rouet, Rodrigo ficou em sexto lugar, com 4 pontos perdidos e o tempo de 40s46. A vitória foi do inglês Michael Whitaker, com Handel II, sem faltas, em 39s73. Mas o resultado não tirou de Rodrigo, que ganhou a primeira prova, na sexta-feira, a chance de obter o tetracampeonato no último dia de competição, segunda-feira, às 10 horas (horário de Brasília), na Scandinavium arena.O outro brasileiro na prova, Manoel Poladian Filho, desistiu do percurso, neste sábado, justificando que a égua Pia Doanjo sentiu uma antiga contusão e terá de ficar um mês parada antes de voltar às competições. A preocupação é que a égua esteja recuperada antes das seletivas sul-americanas para o Mundial de 2002."A Copa ainda está aberta para vários cavaleiros e acho que os três primeiros na classificação geral têm ainda melhores possibilidades de chegar ao título", afirmou Rodrigo, logo após a competição, referindo-se aos seus rivais diretos na classificação, somados os dois dias de provas. O inglês Michael Whitaker (com um 3º lugar na prova de abertura e a vitória deste sábado) é o líder. Rodrigo (1º e 6º) vem em segundo, seguido pelo suíço Markus Fuchs, com o cavalo Tinka´s Boy (6º e um 3º).A norte-americana Candice King, com John Em, está em quarto na classificação e deixou um dos cavaleiros apontados como favorito, o alemão Ludger Beerbaum, na quinta colocação empatado com Peter Eriksson, da Suécia, e Willi Meliger, da Suíça. Neste sábado, Beerbaum caiu quando o cavalo derrubou um obstáculo. O cavalo Goldfever ainda disparou pela pista para derrubar, sozinho, mais um obstáculo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.