Erros graves do apito reacendem debate sobre tecnologia

Dois erros capitais trouxeram à tona antiga discussão sobre a adoção de tecnologia durante os jogos. Ontem, a arbitragem deixou de validar um gol legítimo da Inglaterra, na derrota por 4 a 1 para a Alemanha, e deu um em impedimento da Argentina, que eliminou o México por 3 a 1. Tais erros mudaram o decorrer dos jogos e poderiam ter sido evitados com um simples replay.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.