Espanha goleia Itália e vai à final do Mundial de Futsal

BANGCOC - A Espanha garantiu vaga na final do Mundial de Futsal, nesta sexta-feira, em Bangcoc, na Tailândia, ao golear a Itália por 4 a 1, no primeiro jogo das semifinais da competição. Com o resultado, os espanhóis disputarão pela sexta vez em sua história uma decisão desta competição, que tem o Brasil como atual campeão.

AE, Agência Estado

16 de novembro de 2012 | 10h09

A seleção brasileira, por sinal, entrará em quadra a partir das 10h30 (de Brasília) desta sexta para enfrentar a Colômbia na outra semifinal. Caso confirmem o seu favoritismo, os brasileiros irão reeditar a decisão do Mundial de 2008 contra a Espanha.

Os espanhóis disputarão neste domingo, a partir das 10h30 (de Brasília), a final de um Mundial pela quinta vez consecutiva, sendo que essa potência da modalidade já havia superado os italianos também na semifinal do Mundial de 2008 e na decisão de 2004.

Leia Também

MERCADO DA BOLA

A Espanha buscará também o seu terceiro título mundial nos últimos 12 anos, pois também levantou a taça em 2000 e 2004, superando respectivamente o Brasil e a Itália nesta decisões, antes de cair diante da seleção brasileira em 2008.

No confronto realizado nesta sexta no Ginásio Huamark, em Bangcoc, os italianos jogaram de igual para igual com os espanhóis e quase abriram o placar após Gabriel acertar uma bola na trave. Porém, os finalistas contaram com a sorte para saírem na frente, aos 8 minutos. Torras cruzou e Saad Assis tentou cortar, mas jogou a bola no contrapé do goleiro Mammarella e marcou contra.

E, depois de um primeiro tempo muito equilibrado, a Espanha passou a dominar o jogo na etapa final, mas viu a Itália achar o empate em um vacilo de marcação de sua retaguarda. Após rápida saída de bola de Mammarella, Merlin recebeu sozinho do lado esquerdo do ataque e tocou com categoria no ângulo do goleiro Juanjo, aos dez minutos.

Porém, a Itália teve pouco tempo para comemorar, pois apenas 11 segundos depois o rival voltou a ficar à frente no placar, quando o brasileiro naturalizado espanhol Alemão recebeu passe da direita e, na cara do gol, só escorou para as redes.

Os italianos sentiram o golpe e acabaram tomando mais dois gols. O primeiro saiu aos 13 minutos, quando Lozano aproveitou lindo passe e fez o terceiro. E, quando faltavam apenas três minutos para o fim e a Itália tentava uma improvável reação, Lin decretou o 4 a 1 que acabou de vez com as chances dos italianos, que agora terão de se contentar com a disputa do terceiro lugar, também marcada para domingo, às 8 horas (de Brasília), contra o perdedor do duelo entre Brasil e Colômbia.

Tudo o que sabemos sobre:
futsalMundial de FutsalEspanhaItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.