Espanha perde na estreia e terá de repetir trajetória de superação da Copa de 2010

Time se salvou de uma sova graças ao goleiro De Gea e à falta de pontaria dos japoneses.

O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2012 | 03h07

Pelo Grupo D, a temida Espanha assinalou a primeira zebra da competição. Perdeu para o Japão por 1 a 0, gol de Yuki Otsu, e poderia ter sido goleada no estádio Hampden Park, em Glasgow. Com um a menos durante toda etapa final - o volante Inigo Martinez foi expulso aos 41 minutos -, a Espanha se salvou de uma sova graças ao goleiro De Gea e à falta de pontaria dos japoneses.

Com o revés, os espanhóis terão de se inspirar na trajetória da equipe principal na Copa do Mundo de 2010. Apesar da derrota na estreia para a Suíça, a Fúria levantou o título. "Começaram o Mundial perdendo e se tornaram campeões", citou o goleiro De Gea.

No outro jogo do grupo, Honduras e Marrocos empataram por 2 a 2. Desses confrontos saem os rivais do grupo brasileiro nas quartas de final. "Podemos vencer os dois jogos e conseguir a classificação", disse o técnico Luis Milla.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.