Espanha vive 2ª-feira atípica: é dia de emoção

Em grande fase e já classificados na Liga dos Campeões, Barça e Real se enfrentam pela ponta do Campeonato Nacional

, O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2010 | 00h00

Um dos maiores clássicos do futebol mundial, jogo acompanhado por milhões de torcedores em todo o mundo, que quase sempre decide títulos, por causa da hegemonia das duas equipes sobre os demais participantes do Campeonato Espanhol, Barcelona x Real Madrid está programado para hoje, uma segunda-feira, à noite, no Camp Nou, fechando a 13.ª rodada, por causa das eleições previstas para ontem na Catalunha. O duelo começa às 18 horas (de Brasília), com transmissão da ESPN. É, como sempre, um confronto de estrelas: Messi x Cristiano Ronaldo. E um confronto de treinadores: Pep Guardiola x José Mourinho.

O Real Madrid de Cristiano Ronaldo e José Mourinho defende a liderança, com 32 pontos, um a mais que o Barça de Pep Guardiola e Messi. Ambas as equipes já se distanciam do restante dos participantes, o que tem sido a tendência dos últimos certames. Tanto que na rodada passada o time catalão humilhou o Almería com um placar de 8 a 0, enquanto a equipe merengue goleou o Athletic Bilbao por 5 a 1.

O momento não poderia ser melhor para as duas equipes, já classificadas por antecipação na Copa dos Campeões da Europa. O confronto desta vez envolve mais que uma velha rivalidade. O Barça tenta ganhar pela terceira vez seguida do seu maior adversário em seu campo. Nos últimos dois confrontos na Catalunha, o Barça venceu por 2 a 0 e 1 a 0. A terceira vitória seguida no legendário estádio também valerá a liderança do campeonato. No confronto direto no Camp Nou, o Barça obteve 46 vitórias, 18 derrotas e 17 empates.

As duas equipes estão repletas de estrelas, vários titulares das seleções de seus países. Mas para o jogo de hoje o técnico Mourinho tem problemas. O volante alemão Khedira se recupera de uma lombalgia e o atacante argentino Higuaín, de lesão na perna direita. Para esquentar o clima do clássico, Cristiano Ronaldo afirmou que seu time vencerá na casa do adversário.

O Real Madrid está sem ganhar no Camp Nou desde a temporada 2007/08, quando venceu com um gol de Julio Baptista. Antes, em 2003/04, os também brasileiros Roberto Carlos e Ronaldo, hoje no Corinthians, atuaram no time vencedor por 2 a 1, em um triunfo da equipe branca depois de 20 anos de jejum. No ano seguinte, o Barcelona se reabilitou com um placar imponente: 3 a 0.

Histórico de gols. O primeiro clássico ocorreu em 17 de fevereiro de 1928. O Real Madrid venceu por 2 a 1, com dois gols de Morera. A maior goleada do Real Madrid na Catalunha aconteceu na temporada 1962/63: 5 a 1. Jogando o clássico em casa, o Barça chegou a emplacar 7 a 2 no seu maior rival, e ganhou três vezes por 5 a 0, nas temporadas 1934/35, 1944/45 e 1993/94.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.