Espanhol vence etapa da Volta da França e Froome mantém vantagem de 3 minutos

Correndo com uma velocidade vertiginosa na descida para o Gap, o espanhol Rubén Plaza venceu nesta segunda-feira a 16ª etapa da Volta da França, com um percurso de 201 quilômetros entre as cidades de Bourg-de-Péage e Gap, em que o escudeiro do líder Chris Froome bateu em um poste o eslovaco Peter Sagan foi o segundo colocado pela quinta vez.

Estadão Conteúdo

20 de julho de 2015 | 15h13

O colombiano Jérlinson Pantano cruzou a linha de chegada em terceiro, a 36 segundos de Plaza, que registrou um tempo total de 4h30min10, com seis segundos de vantagem para Sagan. O britânico Froome resistiu aos ataques e manteve a vantagem que o deixa folgado na classificação geral às vésperas da entrada dos ciclistas nos Alpes, mesmo que tenha sido apenas o 28º colocado desta etapa, a 18min12 de Plaza.

Froome tem uma vantagem de 3min10 para o colombiano Nairo Quintana, que ficou em 32º lugar, com o mesmo tempo do britânico, duas posições atrás do norte-americano Tejay van Garderen, que é o terceiro colocado na classificação geral, a 3min32 do líder.

Também com o mesmo tempo nesse estágio, o espanhol Alberto Contador ficou em 25º lugar e ocupa a quinta posição, a 4min23. Já o italiano Vincenzo Nibali conseguiu diminuir em parte a vantagem de Froome ao cruzar a linha de chegada a 17min44 de Plaza. O atual campeão da Volta da França está a 7min49 do britânico, na oitava colocação.

Grerait Thomas, companheiro de equipe de Froome na Sky, sofreu um acidente horrível ao se chocar com outro ciclista em uma curva e bateu no poste de um orelhão. Ele saltou e desapareceu com sua bicicleta entre algumas árvores enquanto vários espectadores tentavam sair do caminho.

Se conseguiu voltar para a sua bicicleta e terminar o trajeto, o incidente mostrou o quanto é difícil o final desta etapa, com uma descida cheia de curvas que os ciclistas percorrem a 70 km/h ou mais. O competidor que acabou provocando o acidente de Thomas, Warren Barguil, disse que tentou frear, mas que não conseguiu evitar o choque.

Esta terça-feira é dia de descanso na Volta da França, que será retomada na quarta-feira com a primeira das quatro etapas, que deve definir o vencedor da prova.

Froome estava feliz de ter perdido os seus mais de 3 minutos de vantagem, mas vai encarar as próximas etapas sem um de seus companheiros, pois Peter Kennaugh, doente, abandonou a disputa.

Além de líder da classificação geral, Froome continua com a camisa branca com bolinhas vermelhas, dada ao melhor montanhista. Já o colombiano Nairo Quintana ainda veste a camisa branca, destinada ao melhor ciclista jovem.

Pela quinta vez o segundo colocado em uma etapa desta edição da Volta da França, Sagan permanece com a camiseta verde, destinada ao ciclista com mais pontos - ele está com 405.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.