Especulações deixam clima tenso e atrapalham o Santos

A semana não foi fácil para o técnico Vágner Mancini. Sua intenção era a de usar o tempo livre apenas para preparar melhor o time, mas as especulações sobre contratações e dispensas tornaram o ambiente tenso entre os jogadores. Alguns deles, considerados indispensáveis até o fim do Campeonato Paulista, como Lucio Flavio e Roni, passaram a treinar separadamente. E são cada vez mais fortes as especulações de que até os titulares Fabiano Eller e Luizinho estão de saída. Outro que mais uma vez fala em ir embora é Kléber Pereira."Não tem lista de dispensas no Santos. Apenas algumas peças serão modificadas, o que é normal entre uma competição e outra. Mas tudo será feito de maneira inteligente, afinal estamos lidando com seres humanos", explicou Mancini, confirmando, sem citar nomes, que há negociações em curso para a contratação de reforços.Mesmo sem a chegada de novos jogadores, Mancini acredita que o Santos poderá levar vantagem sobre clubes de ponta que disputam fases decisivas da Copa do Brasil e da Libertadores. "É uma boa oportunidade para somarmos pontos. A ideia é manter o time entre os primeiros lugares."

Sanches Filho, O Estadao de S.Paulo

16 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.