Esperança de ouro, Guilheiro fica sem medalha olímpica

Antes favorito ao ouro na categoria meio-médio, judoca perdeu nas quartas para norte-americano e caiu ante japonês na repescagem

AE, Agência Estado

31 de julho de 2012 | 11h02

Grande nome do judô masculino brasileiro da atualidade, Leandro Guilheiro segue sem conseguir títulos em torneios importantes. Favorito ao ouro na categoria meio-médio, o atleta do Pinheiros vai voltar o Brasil sem medalha. Nesta terça-feira, depois de ser eliminado nas quartas de final por um americano, ele perdeu na repescagem para o japonês Takahiro Nakai.

Melhor do mundo na categoria até 81kg, Guilheiro vinha de duas medalhas de bronze olímpicas, nos Jogos de Atenas/2004 e Pequim/2008, mas quando ainda lutava numa categoria abaixo. Já entre os meio-médios, ele foi vice-campeão mundial em Tóquio/2010 e terceiro colocado no Mundial de Paris, no ano passado.

Nesta terça-feira, o brasileiro estreou vencendo o letão Konstantins Ovchinnikovs por dupla penalidade ao rival, o que resultou em um yuko para Guilheiro. Depois, na segunda luta, vitória o marroquino Safouane Attaf, por ippon. A eliminação veio nas quartas de final, diante do norte-americano Travis Stevens, que venceu com um wazari e avançou à semifinal.

Na luta que poderia colocá-lo na briga pela medalha de bronze, o brasileiro encontrou o japonês Takahiro Nakai, quinto do ranking mundial, e que ele havia vencido na campanha do vice-campeonato mundial em Tóquio. O rival marcou bem o jogo de Guilheiro, impedindo que o brasileiro conseguisse a pegada, e venceu graças a duas punições recebidas pelo líder do ranking.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.