Damir Sagol|Reuters
Damir Sagol|Reuters

Esquiva Falcão volta atrás e sobe de categoria em busca de cinturão

Brasileiro vai voltar para o peso médio

Estadão Conteúdo

18 de março de 2016 | 16h20

Esquiva Falcão estreou no boxe profissional entre os médios, mas após duas lutas baixou para o peso médio-ligeiro. À época, em agosto de 2014, alegou que se sentia mais rápido. Nesta sexta-feira, o pugilista capixaba anunciou que vai voltar à categoria dos médios. A alegação é a mesma: ele se sente mais rápido.

"Vou iniciar a lutar neste ano com mudanças e em uma etapa muito importante na minha carreira. Um caminho para eu entrar no ranking das maiores organizações do boxe profissional. Resolvemos, eu e equipe, aumentar a categoria, pois me sinto mais rápido e no momento certo da carreira para essa mudança", disse Esquiva, via assessoria de imprensa.

A nova categoria de Esquiva permite atletas de até 160 libras (72,57kg), mas a estreia do brasileiro entre os médios, neste sábado, contra o norte-americano Joe McCreedy, será num limite de peso um pouco maior: 162 libras. Será a 13.ª luta da carreira de Esquiva, que tem nove nocautes.

A categoria tem o casaque Gennady Golovkin como detentor do cinturão da Associação Mundial de Boxe (WBA, na sigla em inglês) e o mexicano Saúl Álvarez como campeão do Conselho Mundial de Boxe (WBC). Álvarez é uma das estrelas do boxe no atualidade e aparece em oitavo no ranking da revista The Ring entre todos os boxeadores de todas as categorias.

Tudo o que sabemos sobre:
Conselho Mundial de BoxeBoxe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.