Estocolmo desiste de candidatura aos Jogos de Inverno de 2022

Conselho municipal boicotou tentativa por razões financeiras

AE-AP, Agência Estado

17 de janeiro de 2014 | 13h29

ESTOCOLMO - A cidade de Estocolmo desistiu da sua candidatura no processo de escolha da sede dos Jogos Olímpicos de 2022 após o seu conselho municipal se recusar a apoiar a tentativa do município por razões financeiras. Regina Kevius, responsável do município pelos eventos esportivos, disse que a organização da Olimpíada "envolve um grande investimento". "Não há nenhuma necessidade para esse tipo de estrutura depois de uma Olimpíada", disse.

Estocolmo, que sediou os Jogos de Verão em 1912, tentaria se tornar a primeira cidade a ter sediado os dois tipos de Olimpíada. Porém, as chances de sucesso da candidatura de Estocolmo já vinham sendo consideradas remotas, porque a cidade propôs a realização de eventos de esqui alpino na estância de Are,a mais de 600 quilômetros de distância da capital da Suécia.

A decisão desta sexta-feira deixa cinco cidades ainda na disputa pela sede da Olimpíada de Inverno de 2022: Almaty (Casaquistão), Pequim (China), Cracóvia (Polônia), Lviv (Ucrânia) e Oslo (Noruega). As propostas foram submetidas ao Comitê Olímpico Internacional (COI) em novembro. O COI escolherá a cidade anfitriã em 2015.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.