Divulgação
Divulgação

Estreante, Isadora espera avançar na patinação artística em Sochi

Atleta tem como meta ficar entre as 24 primeiras para se classificar ao segundo dia de disputa

Agência Estado

18 de fevereiro de 2014 | 16h48

SOCHI - Primeira brasileira a competir na patinação artística na história dos Jogos Olímpicos de Inverno, Isadora Williams entra em ação nesta quarta-feira em Sochi. Primeiro, ela participa do programa curto da disputa individual feminina. E se terminar entre as 24 melhores, dentro do grupo das 30 participantes, avança para o programa longo no dia seguinte, quando serão definidas as medalhistas.

No programa curto, de no máximo 2 minutos e 30 segundos de duração, as patinadoras realizam movimentos obrigatórios. E no longo, com até 4 minutos, a apresentação é livre, devendo ser harmoniosa, com saltos, piruetas, mudanças de direção e velocidade. Após julgamento dos árbitros, a classificação é feita com a somatória das notas dos dois dias de competições, com peso maior para o segundo.

"Eu quero estar entre as atletas que disputarão o programa longo, mas essa não é uma meta fácil. Tenho que fazer uma apresentação perfeita para conseguir me classificar", disse Isadora, que acaba de completar 18 anos. "É uma honra representar o Brasil neste esporte tão lindo e que eu gosto tanto. Foram muitos anos de treinamento e agora chegou a hora. Ainda bem. Estou pronta. Essa é uma oportunidade que poucas meninas têm. É um sonho se tornando realidade."

Nos Jogos de Sochi, Isadora competirá nesta quarta-feira no programa curto ao som de "Dark Eyes" (Devotchka). E, se chegar ao segundo dia, irá se apresentar no programa longo com a música "Memoirs of a Geisha" (John Williams).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.