Reprodução/ESL
Reprodução/ESL

Estrela ucraniana dos eSports faz apelo em evento e pede fim da guerra: 'Estamos com medo'

Oleksandr Kostyliev, mais conhecido como 's1mple', fez um breve discurso na abertura do IEM Katowice, torneio internacional de 'Couter-Strike' na polônia

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de fevereiro de 2022 | 18h36

O atleta de eSports ucraniano Oleksandr Kostyliev, popularmente conhecido como "s1mple", um dos principais jogadores de "Counter-Strike" do mundo, fez um apelo nesta sexta-feira contra a invasão russa em seu país natal. O jogador discursou brevemente na abertura dos playoffs do torneio internacional IEM Katowice, e pediu paz e união entre as nações. 

"Durante toda minha carreira, joguei com ucranianos, russos, americanos, e todos eles são ótimos caras", disse s1mple no palco da Spodek Arena, na Polônia. "Todos nós queremos paz para Ucrânia e para todo o mundo, todos nós estamos com medo, e precisamos dar exemplo para todo o mundo nesse campeonato, ficar junto com nossos amigos, nossos fãs, com todo mundo que vai assistir."

Apesar de ser um time ucraniano, a equipe de s1mple, intitulada NAVI, possui maioria russa, sendo três atletas da Rússia contra dois da Ucrânia na formação. Ao menos outras três equipes que vão disputar o IEM Katowice possuem atletas russos: Gambil, Virtus.pro e G2. 

"É impossível durante esta guerra fingir que está tudo bem. Não está. Estamos devastados", publicou a NAVI no Twitter.

Natural de Kiev, capital da Ucrânia, o jogador tem usado as redes sociais para registrar o conflito e iniciou uma campanha de doação para "ajudar o exército ucraniano". 

"Precisamos do seu apoio. Chorei pensando na minha família e amigos em Kiev. Tenho sorte de não estar em casa, mas imagine como gostaria de estar lá", escreveu s1mple no Twitter nesta quinta-feira. 

Tudo o que sabemos sobre:
eSports

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.