MotoGP/Reprodução
MotoGP/Reprodução

Etapa de Aragão vai substituir Brasília na MotoGP

Sem cidade brasileira, única prova na América do Sul será disputada na Argentina

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2014 | 12h52

SÃO PAULO - A MotoGP divulgou o calendário atualizado da temporada 2014 nesta segunda-feira. A etapa de Brasília, descartada no mês passado, foi substituída pelo GP de Aragão, na Espanha, no dia 28 de setembro. Foi a única mudança entre o calendário provisório, divulgado em outubro de 2013, e a lista final, com 18 provas. O retorno do Brasil à MotoGP foi adiado no fim de janeiro, quando o Governo do Distrito Federal anunciou que não haveria "tempo hábil" para reformar o Autódromo Internacional Nelson Piquet de acordo com as exigências da Federação Internacional de Motociclismo (FIM).

O Brasil não recebe uma corrida da categoria desde 2004. A previsão é de que a categoria possa enfim fazer seu retorno ao País em 2015, após adequação do autódromo brasiliense. Neste ano, o calendário prevê apenas uma corrida na América do Sul. A prova será realizada na cidade argentina de Termas de Rio Hondo, no dia 27 de abril.

Confira as etapas do calendário atualizado da MotoGP:

1ª - 23 Mar - Catar (Doha/Losail)

2ª - 13 Abr - Estados Unidos (Austin)

3ª - 27 Abr - Argentina (Termas de Rio Hondo)

4ª - 04 Mai - Espanha (Jerez de la Frontera)

5ª - 18 Mai - França (Le Mans)

6ª - 01 Jun - Itália (Mugello)

7ª - 15 Jun - Espanha (Catalunha)

8ª - 28 Jun - Holanda (TT Assen)

9ª - 13 Jul - Alemanha (Sachsenring)

10ª - 10 Ago - Estados Unidos (Indianápolis)

11ª - 17 Ago - República Checa (Brno)

12ª - 31 Ago - Grã Bretanha (Silverstone)

13ª - 14 Set - São Marino & Riviera di Rimini (Marco Simoncelli Misano)

14ª - 28 Set - Espanha (Aragão)

15ª - 12 Out - Japão (Motegi)

16ª - 19 Out - Austrália (Phillip Island)

17ª - 26 Out - Malásia (Sepang)

18ª - 09 Nov - Espanha (Valência)

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGPcalendário

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.