Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Etapa final do surfe volta a ser adiada por tempo ruim no Havaí

Definição da terceira fase, com a presença de Gabriel Medina, Mick Fanning e Kelly Slater, candidatos ao título, fica para segunda-feira

PAULO FAVERO - Enviado especial ao Havaí, O Estado de S. Paulo

14 de dezembro de 2014 | 20h04

A organização do Pipe Masters, a última etapa do Circuito Mundial de Surfe, decidiu adiar a competição neste domingo por causa dos forte vento e das condições ruins no mar. A praia de Pipeline, famosa por seus tubos, não tinha uma boa formação nas ondas e por incrível que pareça nenhum surfista se aventurou a entrar no mar na parte da manhã.

Desta forma, a definição da terceira fase, com a presença de Gabriel Medina, Mick Fanning e Kelly Slater, os três candidatos ao título, ficou para segunda-feira. Às 7h30 (15h30 horário de Brasília), a Associação dos Surfistas Profissionais vai decidir se haverá condições para a disputa das baterias.

Com o adiamento, Gabriel Medina continua vivendo a expectativa de ser o primeiro brasileiro a ser campeão mundial de surfe. Ele lidera o ranking mundial e, caso vença sua bateria na terceira fase, contra o havaiano Dusty Payne, já eliminará Slater da disputa pelo título mundial e colocará pressão em Fanning, que precisará chegar no mínimo na final do Pipe Masters.

Tudo o que sabemos sobre:
surfePipe MastersGabriel Medina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.