Etíope quase bate recorde mundial na maratona de Dubai

Haile Gebreselassie fica a 27 segundos de quebrar o recorde mundial, que já é seu

Efe

19 de janeiro de 2008 | 17h48

O etíope Haile Gebreselassie venceu neste sábado a maratona de Dubai, nos Emirados Árabes, e ficou a apenas 27 segundos do recorde mundial, estabelecido por ele mesmo há três meses em Berlim, na Alemanha. Veja também: Pequim: poluição ameaça presença de recordista na maratona Gebreselassie acabou a prova em 2h04min53s, enquanto seu recorde foi de 2h04min26s. Caso ele atingisse um novo melhor tempo mundial pela 25.ª vez, ganharia US$ 1 milhão da organização.Pela vitória, o etíope recebeu US$ 250 mil. O segundo colocado foi o queniano Isaac Macharia (2h07min16s), com Sammy Korir, também do Quênia, em terceiro (2h08min01s). Korir tem em seu poder a terceira melhor marca da história, com uma marca de 2h04min56s.Entre as mulheres, a disputa foi mais equilibrada. A também etíope Berhane Adere venceu a prova com um tempo de 2h22min40s - a dois minutos do recorde de seu país.O pódio foi completado por duas atletas da Etiópia: Bezunesh Bekele, segunda colocada com uma marca de 2h23min09s, e Askale Tafa Magarsa (2h23min23s).

Tudo o que sabemos sobre:
maratona de DubaiHaile Gebreselassie

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.