Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

EUA batem recorde mundial do revezamento 4x200 m livre

Com destaque para Michael Phelps, a equipe dos Estados Unidos de revezamento 4x200 metros livre ganhou a medalha de ouro no Mundial de Esportes Aquáticos de Melbourne, nesta sexta-feira. De quebra, os norte-americanos estabeleceram o novo recorde mundial da modalidade, com 7min03s24.A marca anterior pertencia aos australianos, que em 2001, no Mundial de Fukuoka (Japão), cravaram o tempo de 7min04s66. Além de Phelps, a equipe contou com Ryan Lochte, Klete Keller e Peter Vanderkaay. Ainda na prova desta sexta, a equipe da Austrália ficou com prata, enquanto os canadenses pegaram o bronze.Esta foi a quinta medalha de ouro de Phelps, que tem como meta conquistar oito ouros no Mundial. Além do 4x200 metros, o norte-americano já havia ganhado as seguintes provas: 4x100 m, 200 m medley, 200 m livre e 200 m borboleta. Ele ainda disputará os 100 m borboleta, 400 m medley e 4x100 medley.Phelps, de 21 anos, também se tornou o primeiro homem na história a acumular 15 ouros em Mundiais de Natação. Agora, só falta superar o recorde de medalhas em uma única edição do Mundial, que pertence ao australiano Ian Thorpe, que tem seis ouros.Mais recordeAlém de Phelps, outro que se destacou foi o norte-americano Ryan Lochte, que também participou da final do revezamento 4x200 metros. No entanto, Lochte brilhou na final dos 200 metros costa, em que quebrou o recorde mundial ao alcançar o tempo de 1min54s32 - a marca anterior (1min54s44, estabelecido em agosto do ano passado) pertencia ao norte-americano Aaron Peirsol, que ficou com a prata neste Mundial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.