Mike Segar/Reuters
Mike Segar/Reuters

EUA dão show e atropelam a Tunísia no basquete masculino

Estrelas da NBA passeiam e vencem por 110 a 63 na segunda partida dos Jogos de Londres

O Estado de S. Paulo

31 de julho de 2012 | 20h26

LONDRES - Donos do melhor basquete do mundo, os Estados Unidos enfrentaram nesta terça-feira aquela que talvez seja a seleção mais frágil do torneio masculino da Olimpíada de Londres. Diante da Tunísia, os norte-americanos fizeram o que se esperava deles e atropelaram, vencendo por 47 pontos de vantagem: 110 a 63.

O que ninguém esperava, no entanto, foi a dificuldade imposta pelos tunisianos no início da partida. Com um jogo de paciência no ataque e marcação por zona na defesa, os africanos chegaram a abrir 8 a 4 no placar. Os jogadores dos Estados Unidos, que entraram desligados em quadra, também colaboravam para este resultado.

Mas o que se viu a partir daí foi o show norte-americano. Já no segundo quarto, LeBron James e Kevin Durant começaram o espetáculo com lindas enterradas. No segundo tempo, Russell Westbrook também mostrou todo seu repertório de belas cravadas, enquanto Carmelo Anthony e Kevin Love abusavam das bolas de três pontos. Estes dois, aliás, terminaram como maiores pontuadores da equipe, com 16 pontos cada.

No entanto, caberá a Makrem Ben Romdhane a honra de poder dizer que foi o cestinha de uma partida contra os Estados Unidos. Ele marcou 22 pontos, pegou 11 rebotes, e liderou os bons momentos da Tunísia na partida.

Após o apito final, mesmo com a larga vantagem do adversário, os tunisianos demonstravam orgulho do que tinham feito em quadra. Neste momento, o resultado foi esquecido e os jogadores da equipe africana estavam no papel de fãs, sorridentes por poderem abraçar os maiores nomes do basquete mundial.

A vitória levou os Estados Unidos aos quatro pontos, na liderança do Grupo A do torneio. Principais candidatos ao título, eles voltam à quadra diante da Nigéria, nesta quinta. Já a Tunísia, lanterna do grupo, buscará a primeira vitória contra a França, no mesmo dia.

OUTROS JOGOS - Também pelo Grupo A, a França venceu a Argentina por 71 a 64 e embolou a chave. Os franceses chegaram aos três pontos, ao lado dos próprios argentinos, da Lituânia e da Nigéria. Os lituanos bateram os nigerianos nesta terça por 72 a 53.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.