EUA empatam na Colômbia e ficam perto da última vaga olímpica no futebol

Os Estados Unidos deram um passo importante para ficarem com a última vaga no futebol masculino dos Jogos Olímpicos do Rio. Nesta sexta-feira, a seleção norte-americana conseguiu um empate em 1 a 1 com o Colômbia em Barranquilla, e vai jogar por um placar sem gols no jogo de volta da repescagem, na próxima terça-feira.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

25 de março de 2016 | 20h49

Mesmo jogando fora de casa, os EUA saíram na frente com um gol de Luis Gil. O empate só veio na segunda etapa, depois que o goleiro titular da seleção americana, Ethan Horvath, precisar ser substituído. Juan Quintero marcou de pênalti e deixou tudo igual aos 20 minutos.

O jogo de volta será terça-feira, em Dallas, no Texas. Caso haja novo empate por 1 a 1, a decisão vai para os pênaltis. Igualdade sem gols classifica os EUA, enquanto a Colômbia joga por empate por dois ou mais gols. Quem vencer, obviamente, estará no Rio-2016.

Uma eventual classificação da Colômbia não garantiria a presença de nomes com James Rodríguez e Radamel Falcao no Brasil. Antes da Olimpíada vai acontecer a Copa América Centenário, nos EUA, e a tendência é a de que as estrelas optem por disputar este torneio. É o caso, por exemplo, do argentino Messi, que não virá ao Rio para os Jogos.

Além de Brasil e Argentina, também já estão classificados para a disputa do futebol masculino: Dinamarca, Alemanha, Portugal, Suécia, Fiji, Honduras, México, Argélia, Nigéria, África do Sul, Iraque, Japão e Coreia do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.