EUA terão centro de treinamento nos Jogos de Pequim

O Comitê Olímpico Norte-Americano (Usoc) anunciou nesta segunda-feira uma parceria com a Universidade Normal de Pequim para construir um centro de treinamento que receberá de 400 a 600 atletas do país na reta final de preparação para os Jogos Olímpicos, em 2008. O local fica a 15 minutos da Vila Olímpica."Nossos atletas de alta rendimento terão condições de se preparar com conforto, bons restaurantes e local para dormir antes do início da competição", afirmou o diretor de performance do Usoc, Steve Roush.Os cartolas norte-americanos estão preocupados com a possibilidade de perder o topo do quadro de medalhas para os anfitriões - na Olimpíada de Atenas, em 2004, os Estados Unidos só superaram a China em medalhas de ouro, por 36 a 32, graças ao desempenho nos últimos dias. Mas a meta chinesa, na época, era apenas se preparar para brilhar em casa."Sem dúvida, será a edição mais competitiva da história dos Jogos, e a China certamente vai querer liderar o quatro de medalhas", explicou o presidente do Comitê, Jim Scherr. Em 2004, os norte-americanos fizeram uma pré-temporada semelhante numa universidade em Atenas. "É uma iniciativa importante para dar a nossos atletas a chance de ter sucesso", concluiu o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.