Divulgacao
Divulgacao

Evento-teste de vôlei de praia será etapa do Circuito Mundial

Formato de disputa será idêntica à competição olímpica

Estadão Conteúdo

13 de maio de 2015 | 14h52

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) anunciou nesta segunda-feira que o evento-teste do vôlei de praia, previsto para acontecer entre os dias 1 e 6 de setembro, na praia de Copacabana, será uma das etapas de menor valor para o ranking mundial. A competição entra na série Open do Circuito Mundial, que não conta pontos para o ranking olímpico da própria CBV.

Desde a divulgação do calendário completo de eventos-testes, há dois meses, já era sabido que nestas datas de setembro a Praia de Copacabana receberia a Arena de Vôlei de Praia, para um evento válido para o circuito da Federação Internacional de Vôlei (FIVB). Só não havia sido informado o modelo de competição.

De acordo com a CBV, o formato de disputa do torneio é idêntico ao que será utilizado nos Jogos do Rio, com 24 duplas em cada gênero, divididas inicialmente em seis grupos. Cada país poderá ter até quatro representantes na fase de grupos, com exceção dos times convidados.

Principal potência da modalidade, o Brasil segue, assim, no calendário do Circuito Mundial. No ano passado, o Grand Slam que estava previsto para acontecer em Fortaleza quase foi cancelado. Só no fim da temporada é que a CBV encontrou condições para realizá-lo em Barueri.

Para este ano, o Brasil perdeu o direito de organizar um Grand Slam. Graças à Olimpíada, terá um Open, com premiação de US$ 75 mil para cada gênero e 500 pontos no ranking para as duplas campeãs.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.