Ex-atacante Jardel acompanha treino do time do Brasil

O treino da seleção brasileira na tarde desta segunda-feira contou com a presença do ex-atacante Jardel, que fez sucesso com as camisas do Grêmio e do Porto. Ele foi ao Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, mas teve dificuldades para entrar no local, demorando cerca de 40 minutos para ter seu acesso liberado pela CBF.

SILVIO BARSETTI, Agência Estado

17 de junho de 2013 | 15h41

Enquanto esperava a liberação do lado de fora do estádio, Jardel contou que foi convidado a ir ao treino pelo preparador físico da seleção, Paulo Paixão, com quem já trabalhou no passado. O ex-atacante revelou que pretende conversar com os jogadores, para dar uma palavra de incentivo para a disputa da Copa das Confederações.

Atualmente com 39 anos, Jardel encerrou a carreira em 2010 - seu último clube foi o inexpressivo Shene Moro, da Bulgária. "Represento o Ceará no mundo tudo, não poderia deixar de vir aqui nesse momento", afirmou o ex-jogador cearense, que mora hoje em Porto Alegre e está em Fortaleza para acompanhar o jogo de quarta-feira contra o México.

Jardel já teve passagens pela seleção brasileira, mas sem o mesmo sucesso que mostrou nos principais clubes em que atuou na carreira. E também trabalhou com grande parte da comissão técnica atual, incluindo o treinador Luiz Felipe Scolari. Por isso, mostra confiança numa campanha vitoriosa do Brasil na Copa das Confederações.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa das ConfederaçõesfutebolJardel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.