Ex-campeã da São Silvestre é pega no antidoping

Maria Zeferina Baldaia diz ter tomado remédio, sem saber que era proibido, [br]para diminuir inchaço no joelho após cair em treino

Brás Henrique, O Estado de S.Paulo

07 de janeiro de 2011 | 00h00

A fundista Maria Zeferina Baldaia, bicampeã da Maratona de São Paulo (2002 e 2008) e campeã da Corrida de São Silvestre em 2001, foi flagrada em exame antidoping realizado em 28 de novembro, na etapa brasiliense do Circuito de Corridas de Rua da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

O exame da atleta de 38 anos acusou a presença da substância acetazolamida, um diurético. O resultado positivo da amostra foi comunicado à Maria Zeferina em 16 de dezembro, que apresentou suas justificativas - não aceitas pela CBAt - três dias depois, dispensando a análise da amostra B. Suspensa preventivamente, será julgada pelo STJD.

Maria Zeferina espera receber punição branda. "Foi uma fatalidade", afirma. A substância proibida foi ingerida no medicamento Diamox, usado por sua mãe após cirurgia de catarata - o médico havia receitado o remédio para diminuir edemas e inchaços. A atleta tinha caído, dias antes, num treino em meio aos canaviais de Sertãozinho, e contundido o joelho esquerdo. "Ouvi isso, pedi o remédio para a minha mãe, tomei na quinta, sexta e sábado e corri em Brasília no domingo." Sem inchaço, mas com dores.

A automedicação pode custar caro à atleta, que sonha disputar a maratona dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro. Ela planejava correr, em abril, uma prova na Holanda, para buscar o índice para a competição. "Estou de cabeça erguida e quero provar que não foi nada proposital", afirmou a fundista. "Não estou fugindo da punição. Ela tem de ser aplicada, pois o meu esporte é sério, mas vou argumentar que foi uma fatalidade, nada proposital. Quero provar minha inocência."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.