Ex-campeão é suspeito de matar a mulher

CARACAS

, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2010 | 00h00

O ex-campeão mundial dos pesos leves pelo Conselho Mundial de Boxe, Edwin Valero, foi preso ontem pela polícia acusado de ter matado a mulher, Jennifer Viera de Valero, de 24 anos.

O corpo de Jennifer foi encontrado com várias perfurações em um quarto de hotel na cidade venezuelana de Valência.

No momento de sua prisão, o boxeador, que sofre de hiperatividade e depressão, fez testes para álcool e drogas e os resultados foram positivos. Em março, ele chegou a ser detido por agredir médicos e enfermeiros do hospital que cuidava de sua mulher, vítima de agressão doméstica.

O currículo do boxeador de 28 anos mostra que ele ganhou todas as suas 27 lutas. Foi campeão dos superpenas e, em fevereiro, pediu para mudar de categoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.