Ex-jogador Manoel Tobias vira auxiliar técnico para olhar base do futsal

Confederação Brasileira de Futsal decidiu renovar toda a comissão técnica

AE, Agência Estado

29 Janeiro 2013 | 17h17

FORTALEZA - A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) apresentou nesta terça-feira, em Fortaleza, a nova comissão técnica da seleção brasileira masculina de futsal. E a grande estrela do evento foi o ex-jogador Manoel Tobias, um dos maiores da história da modalidade, que será auxiliar técnico. O novo treinador da equipe é Ney Pereira.

De acordo com o diretor de seleções da CBFS, Edson Nogueira, Manoel Tobias, de 41 anos, será o responsável por trabalhar com os novos nomes do futsal brasileiro. "Esses são profissionais com elevado serviço prestado ao futsal do Brasil e do mundo. O técnico Ney Pereira, por exemplo, teve êxito em todas as equipes que passou. O Manoel Tobias, que foi campeão dentro das quadras, irá auxiliar na base", explicou o dirigente.

A CBFS optou por uma grande renovação na comissão técnica, apesar do título mundial conquistado no ano passado. Assim, dispensou a comissão técnica de Marcos Sorato que, não concordando, se recusou a renovar o contrato que vencia no fim do ano passado "Queremos dar uma sequência ao trabalho feito mas, ao mesmo tempo, fazer uma renovação. E só renova quem arriscar", ressalta Edson Nogueira, contratado para fazer essa reformulação.

"Vamos olhar mais para a base. Teremos uma atenção ainda maior sobre as equipes sub-20 e sub-17, masculinas e femininas. Haverá alguém nosso observando jogadores nos 27 Estados. Somos ricos em bons atletas, e queremos revelar craques em todo o País", destacou Nogueira.

Carioca, Ney Pereira já foi bicampeão brasileiro de seleções, campeão carioca, paulista, mineiro, gaúcho e pernambucano e já dirigiu as seleções brasileiras de base, segundo currículo divulgado pela CBFS.

Mais conteúdo sobre:
futsalManoel Tobias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.