Ex-velocista olímpico australiano morre aos 31 anos

O ex-velocista australiano Daniel Batman, que competiu na Olimpíada de Sydney em 2000 e foi considerado um dos principais nomes da história do atletismo no seu país, morreu na terça-feira em um acidente de carro em uma estrada próxima da cidade de Darwin.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2012 | 09h55

A polícia disse nesta quarta-feira que um carro conduzido por Batman, de 31 anos, deixou o traçado da estrada de Arnhem perto de uma ponte. Destroços de seu carro, espalhados por 100 metros ao longo da rodovia, foram descobertos algumas horas depois do acidente por um motorista que passava pelo local.

Batman foi casado com a velocista e jogadora de hóquei Nova Peris. Eles tiveram dois filhos e o ex-atleta teria ido visitá-los pouco antes do acidente. Eles se separaram e, com uma nova parceira, o australiano teve outro filho.

Durante a sua carreira, Batman competiu nas provas dos 100, 200 e 400 metros. Ele foi campeão australiano nos 200 metros em 2005 e 2006, além de ter ficado em sexto lugar no Mundial Indoor de Atletismo de 2003.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismomorteDaniel Batman

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.