Exército chileno resgata montanhistas espanhóis na Patagônia

Eles estavam isolados no monte San Valentín desde que no último dia 15 uma nevasca os deixou sem material

EFE,

18 de dezembro de 2008 | 15h20

Um helicóptero do Exército chileno resgatou nesta quinta-feira três montanhistas espanhóis que estavam isolados no monte San Valentín da Patagônia chilena desde que no último dia 15 uma nevasca os deixou sem material ou equipamento de apoio.Os três montanhistas estão bem, apesar de um deles ter sofrido uma leve hipotermia já superada. As informações foram dadas pelo coordenador do Escritório Nacional de Emergência (Onemi) na Região de Aysén, Juan Azócar.O resgate aconteceu às 9h25 (10h25 de Brasília) quando, graças a uma melhora das condições meteorológicas na região, um helicóptero pôde alcançar a região no qual estavam os montanhistas Juan Diego Amador, Tomás López e Alfredo Ramírez.Até esta quinta as más condições meteorológicas impediam que o helicóptero chegasse à região. Uma patrulha de sete membros do Exército e cinco policiais realizou uma viagem em direção ao local no qual estavam os montanhistas e previa que demoraria três dias para alcançá-los.

Tudo o que sabemos sobre:
montanhistaPatagônia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.