David Grey/Reuters
David Grey/Reuters

Exigente, China quer porta-bandeira 'alto, bonito e influente'

Comitê Olímpico Chinês deve anunciar nome do escolhido nesta quarta-feira

Amanda Romanelli - Enviada especial, O Estado de S. Paulo

25 de julho de 2012 | 08h01

LONDRES - O atleta encarregado de desfilar com a bandeira de seu país na cerimônia de abertura da Olimpíada deve ser um exemplo. E a China, que sediou o torneio há quatro anos e saiu vencedora no quadro final de medalhas, já sabe quais características o escolhido deve ter.

"O porta-bandeira deve representar a imagem da China", disse o chefe de missão do país, Xiao Tian. "Esse atleta terá que ser alto, bonito e influente, além de ter resultados relevantes no esporte." O Comitê Olímpico Chinês deve anunciar o nome do escolhido nesta quarta-feira, em uma entrevista coletiva marcada no centro de imprensa do Parque Olímpico.

De acordo com especulações da imprensa chinesa, são candidatos ao posto o velocista Liu Xiang, ex-recordista mundial dos 110 metros com barreira, o nadador Sun Yang, recordista e campeão mundial dos 1.500 metros, e o jogador de basquete Yi Jianlian, com passagem pela NBA.

Jianlian perde na disputa com os colegas quando a comparação é sobre os resultados relevantes no esportes. Mas, certamente, bate Xiang e Yang no quesito altura: tem 2,13m, contra os 1,89m do velocista e 1,98m do nadador.

Outra vantagem do pivô é o histórico. Nos dois últimos Jogos Olímpicos, o basquete teve a honra de levar a bandeira chinesa na cerimônia inaugural. Yao Ming, que precisou deixar o esporte após seguidas lesões, foi o escolhido nas duas oportunidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.