Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Experiente, Richarlyson pode desembarcar na Vila Belmiro em 2013

Contrato do jogador com o Atlético-MG termina em dezembro e ele poderá ser o 2.º reforço do Santos

SANCHES FILHO SANTOS , ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2012 | 02h04

SANTOS - O nome de Richarlyson ganhou força na Vila Belmiro nos últimos dias para ser o segundo reforço visando à formação de um time competitivo para 2013. O primeiro contratado foi o zagueiro Neto, que era do Guarani. Além de ficar livre no fim do contrato com o Atlético-MG, no dia 31 de dezembro, Richarlyson se enquadra no perfil de reforços que o conselho gestor procura para a próxima temporada por jogar em mais de uma posição, ser experiente e vencedor.

O melhor momento da carreira de Richarlyson foi durante o período em que foi dirigido por Muricy no São Paulo. Além de ter sido titular na conquista dos títulos do Brasileiro de 2006, 2007 e 2008, ele foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira em 2008. 

LICENÇA

No blog Direto da Fonte, Sonia Racy informou ontem com exclusividade que o presidente do Santos, Luis Alvaro, vai se licenciar do clube por 60 dias. O dirigente aproveita esse tempo para cuidar da saúde. O Santos se despede do Campeonato Brasileiro neste sábado, no clássico com o Palmeiras, às 19h30, na Vila Belmiro.

Luis Alvaro, em entrevista à Rádio Globo, não gostou das cobranças públicas de Muricy Ramalho pela demora do clube na contratação de reforços.

"Não acho que é exatamente a posição mais confortável para a direção do Santos", disse.

O dirigente também comentou sobre o interesse do Santos por Montillo, meia do Cruzeiro. "Que o Montillo é craque, todo mundo sabe. Que se encaixaria bem no Santos, também. Mas quem detém os direitos dele é o Cruzeiro. A decisão, portanto, é do Cruzeiro. Temos de respeitar, não há nada a contar em termos de novidade."

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCfutebolRicharlyson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.