Diego Azubel/EFE - 30/8/2011
Diego Azubel/EFE - 30/8/2011

Fabiana Murer agradece apoio dos patrocinadores para realizar sonho

Campeã no salto com vara no Mundial, atleta recebeu homenagem nesta terça-feira

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2011 | 10h42

SÃO PAULO - A brasileira Fabiana Murer segue colhendo os frutos do inédito título do Mundial de Atletismo para o país, conquistado em Daegu, na Coreia do Sul, no dia 30 de agosto. Campeã no salto com vara, a atleta foi homenageada nesta terça-feira na Bolsa de Valores de São Paulo. Atleta da equipe BM&Fbovespa/São Caetano, ela lembrou do início da carreira e agradeceu o apoio que a levou a realizar este sonho.

"Sempre falo que tive sorte de começar com uma grande equipe, que me deu tranquilidade para treinar e alcançar meu sonho. Não foi fácil, no começo não tínhamos condições para treinar, mas todos meus patrocinadores acreditaram que era possível desenvolver o salto com vara, que não tinha tradição nenhuma no Brasil", declarou.

Murer relembrou de todos que a apoiaram desde que iniciou a carreira. Para a campeã mundial, eles fazem parte de sua trajetória e também são responsáveis pela conquista da medalha. "A medalha é a realização deste sonho. Acho que ela é de todos que me acompanharam, de quem faz ou já fez parte da minha trajetória", afirmou.

Com seu nome já marcado na história do esporte brasileiro, a saltadora quer agora ajudar a formar novos campeões. Por isso, o evento desta terça-feira serviu também para lançar o Projeto Clubinho, voltado para a formação de novos atletas. A iniciativa terá como patrono o fundista Vanderlei Cordeiro de Lima, bronze na Olimpíada de Atenas, em 2004, e receberá crianças a partir de seis anos.

"A gente precisa de categoria de base, apoiar os jovens que estão começando, para conseguir melhores resultados e aumentar o nível. Eu tive esta sorte desde que comecei, logos aos 16 anos, então acho que logo poderemos ter mais gente conquistando medalhas", disse Murer.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismosalto com varaFabiana Murer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.