Fabiana Murer e Isinbayeva decepcionam no último teste

Esperança brasileira de medalha olímpica, Fabiana Murer decepcionou em sua última competição antes da Olimpíada de Londres. Atual campeã mundial do salto com vara, ela conseguiu nesta sexta-feira apenas a quinta colocação na etapa de Mônaco da Diamond League, numa prova em que a russa Yelena Isinbayeva, grande estrela da modalidade, fez ainda pior: não acertou uma tentativa sequer e ficou sem marca.

AE, Agência Estado

20 de julho de 2012 | 18h03

Recordista sul-americana do salto com vara (4,85 metros), Fabiana Murer começou a prova desta sexta-feira com o sarrafo a 4,54 metros, ultrapassando logo na primeira tentativa. Depois disso, ela tentou 4,70 metros, mas falhou nas três chances que teve. Assim, terminou a disputa em Mônaco na quinta colocação - a medalha de ouro foi para a alemã Silke Spiegelburg, que atingiu 4,82 metros.

Grande estrela do salto com vara e maior oponente de Fabiana Murer, Isinbayeva também decepcionou na nona das 14 etapas da Diamond League, circuito mundial que reúne a elite do atletismo. Recordista mundial com 5,06 metros, a russa começou a prova desta sexta-feira com o sarrafo a 4,70 metros, mas falhou nas três tentativas de ultrapassá-lo, encerrando sua participação sem marca registrada.

Outro atleta brasileiro competiu nesta sexta-feira em Mônaco. Também em fase final de preparação para a Olimpíada, Mauro Vinicius da Silva, conhecido como Duda, ficou em quarto lugar na prova do salto em distância, ao atingir 7,99 metros. A medalha de ouro foi para o panamenho Irving Saladino, atual campeão olímpico, que ganhou a disputa com a marca de 8,16 metros.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoDiamond LeagueFabiana Murer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.